Bandas clássicas deveriam se aposentar!!

Velhas bandas na ativa ainda são relevantes?


Por Antônio Gomes

O título da matéria reflete a opinião de muitos e ouriça os pelos da nuca de tantos outros.

Mas afinal, bandas como Stones, The Who, ou até mesmo artistas solo, como Eric Clapton ou Elton John, para ficarmos em poucos exemplos, já não deveriam ter parado?

Muitas das antigas bandas encerraram suas atividades por motivos diversos, como por exemplo o Pink Floyd, embora Roger Waters siga apresentando shows calcados em obras da ex banda, e mesmo assim se revesando basicamente por apenas The Wall, Dark Side of the Moon, e ultimamente Animals.

Muitas bandas que seguem tem em seu line-up quando muito um único membro original, caso do Lynyrd Skynyrd, outras mantém a formação original, como Aerosmith, mas a questão é: ainda vale a pena prosseguir?

A voz normalmente não é mais a mesma, as músicas novas não empolgam, mas os shows seguem lotados. O que explica isto?

Sou de uma geração que ainda criança, viu essas bandas surgirem, e cresceu, vendo-as criarem suas grandes obras que entraram para a História.

Que as viu no ápice da juventude, transformando talento em boa música e que reconhece que as que ainda hoje produzem material inédito, estão aquém do produzido no passado, exceção talvez para Paul McCartney, que mantém o seu padrão ainda alto.

Ainda assim, bandas clássicas são um retrato vivo de uma Era de Ouro do rock e o fato de se manterem na ativa, proporciona a muitos a oportunidade de um passeio pela história da música.

Então, na opinião deste que vos escreve, não importa se Art Garfunkel ( da dupla Simon & Garfunkel ) não consegue alcançar mais a mesma nota ao cantar “Bridge Over Trouble Water”, ou se os Stones tiveram que desacelerar as músicas nos shows, ou se Brian May e Roger Taylor continuam levando o Queen a frente mesmo sem um novo disco, o que particularmente não me faz falta, pois na verdade eu quero é poder continuar vendo e ouvindo, o máximo possível, as pessoas que fizeram a trilha sonora da minha vida.

Então, bandas clássicas devem parar??

Não!! Para mim, só quando quiserem ou a morte as tirarem de cena.

*Antônio Gomes é editor e roqueiro de carteirinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *