Paul Simon também dá adeus

2018 vai ser um ano difícil de se esquecer para os roqueiros.


Parece que realmente o ano de 2018 será de enorme tristeza para os amantes do rock clássico dos anos 60/70.

Mais um ícone anunciou esta semana sua aposentadoria, pelo menos dos palcos.

Paul Simon, um dos maiores compositores americanos, que juntamente com Art Garfunkel, na dupla Simon & Garfunkel, compôs e cantaram alguns dos maiores clássicos do rock e pop, tais como “The Sound of Silence”, “America”, “Ms. Robinson” e a magistral “Bridge Over Trouble Water”.

Já em carreira solo, Simon continuou produzindo álbuns de com qualidade, mas de vendagens inferiores aos da dupla, até voltar a estourar em meados dos anos 80 , com o ábum Graceland.

O cantor anunciou na última terça-feira (30) um “show de despedida” em Londres, chamado por ele de “Homeward bound – The farewell performance” (De volta para casa – a performance de despedida) e foi marcado para o dia 15 de julho, no festival British Summer Time, no Hyde Park.

Paul Simon, de 76 anos, já tinha dado pistas em suas últimas entrevistas declarando sua vontade de se aposentar. Em 2016, ele disse ao jornal “The New York Times”: “O showbiz não me interessa mais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *